Lattes Carlos Paiva

CURSOS E AULAS

  • Instituição: FACCAT

    Bibliografia do Curso

    Disponibilizamos aqui a Bibliografia completa que será utilizada no curso.

    Download Baixar Arquivos

    COMPARTILHE!

  • Instituição: Paradoxo Consultoria

    Bibliografia do Curso

    Disponibilizamos aqui a Bibliografia completa que será utilizada no curso.

    Download Baixar Arquivos

    COMPARTILHE!

  • Instituição: Paradoxo Consultoria

    Aula 1: A Economia é uma Ciência?

    Esta é a primeira aula do curso. Ela tem uma relação direta com a sétima aula, onde trataremos da vertente "culturalista" em Economia. Por quê? Porque o culturalismo surgiu como uma crítica à Economia. Ou, se se quiser, ao "economicismo". E, hoje, o chamado "institucionalismo" é uma tradição que se desdobra diretamente de um dos "sub-braços" ortodoxos" da Economia. Não dizemos isto para "denegrir" ou "enloirecer" o culturalismo. Pelo contrário. Mas para fortalecer a tese da cientificidade (sempre contraditória, sempre dialética) da Economia.

    Download Baixar Arquivos

    COMPARTILHE!

  • Instituição: FACCAT

    Material de apoio



    Download Baixar Arquivos

    COMPARTILHE!

  • Instituição: FACCAT

    Material de apoio

    Todos os territórios se encontram em relação entre si e esta relação deve ser resgatada no interior de uma análise das tendências de qualquer espaço econômico. O que impõe a questão: qual a divisão regional mais adequada a adotar? Via de regra, seremos levados a “análises multiescalares”, com diversas perspectivas, do local ao global. Mas como definir os recortes pertinentes às distintas escalas? Estas e outras questões serão o foco desta disciplina.


    Links importantes para dados mundiais:
    Internacional Monetary Fund (FMI)
    ONU


    Links de dados nacionais:
    IBGE
    SIDRA
    Censo Agropecuário
    Censo Demográfico
    Pesquisa Mensal do Emprego
    Pesquisa Pecuária Municipal
    Pesquisa Agrícola Municipal
    Produto Interno Bruto dos Municípios
    Relação Anual de Indicadores Sociais (RAIS)
    Sistema de Análise das Informações de Comércio Exterior (ALICE)
    IPEADATA
    Banco Central


    Links de dados do Rio Grande do Sul, incluindo os links nacionais:
    FEEDADOS
    Territoriopaiva



    Download Baixar Arquivos

    COMPARTILHE!

  • Instituição: FACCAT

    Material de apoio

    Esta disciplina volta-se ao estudos dos determinantes da (desigual e desiqualizante) dinâmica econômica das regiões, bem como ao estudo das alternativas de enfrentamento das desigualdades regionais a partir da mobilização de recursos endógenos e exógenos. Tal como nas demais disciplinas do Programa de mestrado e Doutorado, contamos com apenas 10 encontros. O programa - disponibilizado abaixo - é organizado por tópicos e aulas.


    Também, disponibilizamos aqui os textos de minha autoria indicados como bibliografia obrigatória ou eletiva da disciplina. Tal como nas demais áreas deste site, os textos são disponibilizados em outras páginas (caso em que o acesso é feito através de um link) são listados antes dos demais (para os quais disponibiliza-se o download a partir deste site). Não obstante, todos os textos encontram-se indexados pelo número da aula/encontro para a qual sua leitura é demandada.

    Download Baixar Arquivos

    COMPARTILHE!

  • Instituição: Paradoxo Consultoria

    Aula 2: A Economia Política Clássica de Smith e Ricardo.

    Disponibilizamos aqui os textos e os modelos que servirão como base para o nosso segundo encontro. Os modelos só serão utilizados durante os encontros. Mas nada impede que os "mais curiosos" tentem operar e se familiarizar com eles antes. Eles são muito simples e não vão se desconfigurar. São modelos com pouquíssimas variáveis, pouquíssimas colunas e linhas e com operações banais. Entretanto, apesar da simplicidade, geram resultados surpreendentes. O mais surpreendente de todos é o sistema de câmbio e equilíbrio da balança comercial. Como eu costumo dizer, aqui está a fronteira entre um leigo em Economia e uma pessoa que realmente começa a entender algo da chamada "triste ciência".

    Download Baixar Arquivos

    COMPARTILHE!

  • Instituição: FACCAT

    Primeiro Encontro: A Economia é uma Ciência?

    Em caso negativo, por que estudá-la? Em caso afirmativo, por que, para cada pergunta, há pelo menos três respostas: sim, não e talvez? Ou: “As três matrizes teórico-ontológico-epistemológicas da Ciência Econômica e suas manifestações contemporâneas”.

    Download Baixar Arquivos

    COMPARTILHE!

  • Instituição: Paradoxo Consultoria

    Aula 3: “Para a Crítica da Economia Política” de Marx.

    Disponibilizamos aqui os textos que servirão como base e um texto suplementar para a terceira aula. O tema aqui é o barba. No comments are needed. 

    Download Baixar Arquivos

    COMPARTILHE!

  • Instituição: FACCAT

    Segundo Encontro: Economia Política Clássica de Smith e Ricardo

    A original e seminal teoria do desenvolvimento de Smith. As ideias de Smith que só vieram a ser compreendidas no Século XX com a análise dos Prêmios Nobel como Douglass North e Ronald Coase. Por que Ricardo é o pai de quase todas as escolas modernas (do neoclassicismo ao marxismo, havendo criado, até uma escola própria, o neo-ricardianismo)? E por que keynesianos e os schumpeterianos “da gema” o negam? A contribuição revolucionária de Ricardo: “A teoria das vantagens comparativas e os determinantes basilares da taxa de câmbio”. As lições para o Brasil.

    Download Baixar Arquivos

    COMPARTILHE!

  • Instituição: Paradoxo Consultoria

    Aula 4: Keynes e suas Revoluções.

    Disponibilizamos aqui os textos básicos para a terceira aula. Keynes é uma revolução atrás da outra. São tantas que tive que escolher apenas duas. E deixei de lado apenasmente a do emprego. Sem medo de deixá-los minimamente decepcionados. Marx e Kalecki vai substituí-lo nesta tarefa com louvor. Mas no plano da inflação e da especulação financeira, ele é insuperável. Vejam vocês mesmos.

    Download Baixar Arquivos

    COMPARTILHE!

  • Instituição: FACCAT

    Terceiro Encontro: “Para a Crítica da Economia Política” de Marx

    Marx, um admirador do capitalismo. Mercadoria, igualdade abstrata, inveja e a possibilidade da consciência de classe. Assalariamento, troca igual & desigual, ocultamento e ideologia. A Teoria do Valor Trabalho, Mais-Valia, Exploração, Acumulação e História. As teorias das crises em Marx. O peso do escravismo, da exclusão e do ingresso tardio na ordem burguesa para o dinamismo capitalista brasileiro. 

    Download Baixar Arquivos

    COMPARTILHE!

  • Instituição: Paradoxo Consultoria

    Aula 5: Kalecki e o Papel da Distribuição da Renda na Dinâmica Capitalista.

    Disponibilizamos aqui os textos que servirão como base para a quinta aula e um modelo. Marx morreu em 1883. Schumpeter e Keynes nasceram, ambos, no mesmo ano. Mas o melhor de Marx só nasceu mesmo em 1900. Na forma de Kalecki.

    Download Baixar Arquivos

    COMPARTILHE!

  • Instituição: FACCAT

    Quarto Encontro: Keynes e suas Revoluções

    As consequênciaseconômicas da paz. Teoria da inflação. Teoria do câmbio, do preço dos ativosfinanceiros e da especulação. Teoria da crise. Teoria Geral do (des) Emprego. Aquestão das expectativas e o papel central do Estado.

    Download Baixar Arquivos

    COMPARTILHE!

  • Instituição: Paradoxo Consultoria

    Aula 6: Schumpeter e o Papel da Inovação no Desenvolvimento.

    Disponibilizamos aqui os textos que servirão como base para a segunda aula e textos suplementares. Schumpeter é um sujeito absolutamente único. Ele dizia que os dois maiores economistas do mundo (antes dele ter vindo ao mundo, of course!) eram Walras - o maior de todos os economistas matemático-marginalistas - e Marx - o grande e desconcertante revolucionário dialético. Ele mesmo era um desconcertante dialético. Quase incompreensível e intragável para boa parte dos seus pares. Que insistem em pretender admirá-lo. Mesmo quando admiram, de fato, seu maior antagonista: David Ricardo. Para entendê-lo, é preciso gastar um pouco de tempo e .... leitura. Por isto o maior número de textos. ... Mas depois que se alcança isto, vale muito a pena. É um novo mundo que se abre. E aqui incorporamos uma nova leitura: Edith Penrose. Uma das maiores seguidoras. Expulsa dos EUA com o esposo nos tempos do Macarthismo, é mais admirada na Europa e no mundo não saxão do que no mundo neoclássico. Economista rara, é o grande ícone da escola de Upsalla. Um mito do feminismo na Economia. 

    Download Baixar Arquivos

    COMPARTILHE!

  • Instituição: FACCAT

    Quinto Encontro: Kalecki e o papel da distribuição da renda na dinâmica capitalista

    As equações marxistas interdepartamentais reinterpretadas. Nem Lênin, nem Rosa Luxemburgo: uma leitura genuinamente aberta e dialética da dinâmica cíclica. A influência dos salários nominais na inflação. Distribuição de renda e grau de monopólio. Crise e grau de monopólio. Autonomia nacional e desenvolvimento. Usando Kalecki para entender o Brasil: Celso Furtado explica Getúlio Vargas. 


    Download Baixar Arquivos

    COMPARTILHE!

  • Instituição: Paradoxo Consultoria

    Aula 7: A tradição culturalista em Economia

    Disponibilizamos aqui o texto principal da tradição culturalista do desenvolvimento - A Ética Protestante de Weber - em sua melhor tradução para o português. Há uma seleção de passagens fundamentais. Gostaríamos, também, que fosse lido o capítulo dois. Disponibilizamos também alguns textos suplementares.
    Aqueles que não quiserem/puderem ler o livro do Jessé, disponibilizamos uma entrevista do Jessé Souza. De qualquer forma, cabe alertar que ao final do sexto encontro (sobre Schumpeter) iremos identificar as passagens do texto de Jessé mais relevantes de serem lidas. O texto de Albert Hirschman é um marco do moderno institucionalismo enquanto uma construção que se quer muito mais que uma soma, muito mais do que o velho projeto ricardiano - e weberiano - de uma "costura" entre sociologia & economia. Hirschman retoma o velho Marx de "uma coisa só". Isto é institucionalismo de fato. Na mesma linha, vai Douglass North

    Download Baixar Arquivos

    COMPARTILHE!

  • Instituição: FACCAT

    Sexto Encontro: Schumpeter e o papel da inovação no desenvolvimento

    Schumpeter X Ricardo: duas leituras radicalmente opostas de inovação (ou, porque a maior parte dos pretensos schumpeterianos são, na verdade, anti-schumpeterianos). A peculiar e revolucionária teoria da taxa de juros de Schumpeter e sua atualidade. Edith Penrose e os modernos teóricos da firma ligados ao Resource Based View. A triste hegemonia do falso schumpeterianismo (vale dizer: do ricardianismo!) no debate brasileiro contemporâneo sobre inovação. 

    Download Baixar Arquivos

    COMPARTILHE!

  • Instituição: FACCAT

    Sétimo Encontro: A tradição culturalista em Economia

    A importância crucial de Weber para a Economia Política. Albert Hirschman e a descoberta das especificidades culturais da América Latina. Ronald Coase, Douglass North, Robert Putnam e o novo institucionalismo. As questões estruturantes da cultura política brasileira: patrimonialismo, escravismo, latifúndio e exclusão: a influência de Raymundo Faoro, Caio Prado Jr., Florestan Fernandes e Jessé de Souza sobre a Economia Política Brasileira contemporânea.

    Download Baixar Arquivos

    COMPARTILHE!

  • Instituição: FACCAT

    Oitavo Encontro: Princípios de Microeconomia e Planejamento Estratégico Aplicados ao Desenvolvimento

    Identificação de objetivos e medidas relevantes: a falácia dos dados e indicadores que não contribuem para a meta. O papel dos gargalos e dos recursos excedentes no planejamento. Princípios de precificação em concorrência imperfeita.

    Download Baixar Arquivos

    COMPARTILHE!

  • Instituição: Paradoxo Consultoria

    Aula 8: O projeto desenvolvimentista no Brasil: de Getúlio ao II PND

    A construção do Departamento de Bens de Capital no Primeiro Governo Vargas. A construção do Plano de Metas no Segundo Governo Vargas e a influência da CEPAL. A implantação do Plano de Metas e suas consequências. A crise no Governo Jango, o Golpe de 64. O Plano de Ação Econômica do Governo (PAEG) do Governo Castelo Branco. O Milagre Econômico de 68 a 73. O II PND de Geisel. A segunda crise do petróleo, o neoliberalismo, a Reaganomics e a crise do projeto desenvolvimentista no Brasil.

    Download Baixar Arquivos

    COMPARTILHE!

  • Instituição: Paradoxo Consultoria

    Aula 9: Duas décadas perdidas e um plano Redentor

    A Crise dos anos 80, a Nova República e o significado da hiperinflação. Os governos Sarney, Collor e Itamar. Os fundamentos teóricos, políticos e materiais do Plano Real. O esvaziamento do Estado no segundo governo FHC e a crescente autonomização do Banco Central. A Carta aos Brasileiros e a eleição de Lula

    Download Baixar Arquivos

    COMPARTILHE!

» Receba Novidades
NOME:
E-MAIL:
» Participação na Mídia

Esta sessão está sendo atualizada. Convido você a visitar todas as páginas do site para conhecer meu trabalho. Há muita informação de alta relevância e interesse.
Fique à vontade!

CONTATE-ME
E-mail: carlosanpaiva@gmail.com

Visitantes: 150755 | Páginas Visitadas: 228802
Todos os direitos reservados para Dr. Carlos Águedo Paiva © 2021 | Este site foi desenvolvido por: www.sitesrs.com.br